Fonoaudiologia

O fonoaudiólogo é um profissional de Saúde, com graduação plena em Fonoaudiologia, que atua de forma autônoma e independente nos setores público e privado. É responsável pela promoção da saúde, prevenção, avaliação e diagnóstico, orientação, terapia (habilitação e reabilitação) e aperfeiçoamento dos aspectos fonoaudiológicos da função auditiva periférica e central, da função vestibular, da linguagem oral e escrita, da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas miofuncional, orofacial, cervical e de deglutição. Exerce também atividades de ensino, pesquisa e administrativas.

Onde o fonoaudiólogo atua?

O fonoaudiólogo é atuante em:

  • unidades básicas de saúde,
  • ambulatórios de especialidades,
  • hospitais e maternidades,
  • consultórios,
  • clínicas,
  • home care, domicílios,
  • asilos e casas de saúde,
  • creches e berçários,
  • escolas regulares e especiais,
  • instituições de ensino superior,
  • empresas,
  • veículos de comunicação (rádio, TV e teatro) e
  • associações.

Onze especialidades são hoje reconhecidas pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia:

Audiologia. Por meio da audição é que se adquire, normalmente, a comunicação oral. Doenças na gestação, infecções de ouvido, uso indiscriminado de medicamentos, exposição a ruídos intensos e outros podem causar alterações auditivas, comprometendo a comunicação e a qualidade de vida do indivíduo.

Linguagem. É a especialidade que trabalha com os aspectos que envolvem a comunicação oral e escrita. O seu desenvolvimento dá-se desde a infância até a idade adulta. Pessoas com problemas de comunicação (expressão e compreensão) podem ter dificuldades na sua integração social e profissional.

Motricidade Orofacial.  Nesta especialidade, o fonoaudiólogo habilita/reabilita funções relacionadas a respiração, sucção, mastigação, deglutição, expressão facial e articulação da fala, propiciando melhores condições de vida e de comunicação.

Saúde Coletiva. É um campo da Fonoaudiologia voltado a construir estratégias de planejamento e gestão em saúde, no campo fonoaudiológico, com vistas a intervir nas políticas públicas, bem como atuar na atenção à saúde, nas esferas de promoção, prevenção, educação e intervenção, a partir do diagnóstico de grupos populacionais.

Voz. Representa a identidade do indivíduo, pois expressa seus sentimentos. É produzida pelas pregas vocais e quando estas não funcionam adequadamente, a voz é alterada, podendo ficar rouca, abafada, soprosa, comprometendo o trabalho e a vida pessoal. O fonoaudiólogo previne, avalia e trata os problemas da voz falada (disfonias), cantada (disonias) e ainda aperfeiçoa os padrões vocais.

Disfagia. É uma alteração da deglutição, ou seja, do ato de engolir alimentos ou saliva. Não se trata de uma  doença,  mas  sim  de  um sintoma que indica prejuízo no ato de engolir ocasionado por diversos fatores, dentre eles: trauma em região da cabeça e pescoço, acidente vascular cerebral, demências, doenças neuromusculares, intubação orotraqueal prolongada e câncer de cabeça e pescoço. O tratamento das alterações da deglutição deve envolver uma equipe  multidisciplinar,  composta no mínimo por médicos, enfermeiros, nutricionistas e fonoaudiólogos. Na equipe, o fonoaudiólogo é o profissional apto para lidar com os distúrbios da deglutição e da comunicação, sendo o responsável pelo diagnóstico e intervenção da disfagia.

Fonoaudiologia Educacional. O domínio do especialista em Fonoaudiologia Educacional inclui aprofundamento em estudos específicos e atuação em situações que contribuam para a promoção, aprimoramento e prevenção de alterações dos aspectos relacionados à audição, linguagem (oral e escrita), motricidade oral e voz e que favoreçam e otimizem o processo de ensino e aprendizagem.

Gerontologia. Dentre as funções do Fonoaudiólogo Especialista em Gerontologia estão as de realizar promoção da saúde do idoso, prevenção, avaliação, diagnóstico, habilitação/reabilitação dos distúrbios relacionados à audição, ao equilíbrio, à fala, à linguagem, à deglutição, à motricidade orofacial e à voz nessa população.

Fonoaudiologia Neurofuncional. O Fonoaudiólogo Especialista em Fonoaudiologia Neurofuncional realiza avaliação, diagnóstico, prognóstico, habilitação e reabilitação fonoaudiológicos de pessoas em diferentes ciclos de vida com alterações neurofuncionais, atuando nas sequelas resultantes de danos ao sistema nervoso central ou periférico.

Fonoaudiologia do Trabalho. Na especialidade em Fonoaudiologia do Trabalho, o fonoaudiólogo deverá promover mudanças consecutivas na forma de organização do trabalho levando em consideração a saúde e aperfeiçoamento da comunicação humana, o desenvolvimento de programas de prevenção ocupacional, a implantação de programas de qualidade de vida do trabalho, bem como detecção e diagnóstico dos riscos fisiológicos em situações reais. A principal meta é possibilitar a permanência no trabalho sem restrição excessiva da atividade profissional, com conforto e sem riscos levando em consideração a saúde e aperfeiçoamento da comunicação humana, o desenvolvimento de programas de prevenção ocupacional, a implantação de programas de qualidade de vida do trabalho, bem como detecção e diagnóstico dos riscos fisiológicos em situações reais. A principal meta é possibilitar a permanência no trabalho sem restrição excessiva da atividade profissional, com conforto e sem riscos.

Neuropsicologia. O Fonoaudiólogo Especialista em Neuropsicologia está apto a prevenir, avaliar, tratar e gerenciar os distúrbios que afetam a comunicação humana e sua interface com a cognição, relacionando-a com o funcionamento cerebral.

Em 15 de setembro de 1984 foi aprovado o primeiro Código de Ética da profissão, que elencava os direitos, deveres e responsabilidades do Fonoaudiólogo, inerentes às diversas relações estabelecidas em função de sua atividade profissional. Este texto foi revisado em 1995, em decorrência do crescimento da profissão, da ampliação do mercado de trabalho do fonoaudiólogo e da maior conscientização da categoria.

09/dezembro –  “Dia do Fonoaudiólogo”

 Mais informações acesse: Conselho Regional de Fonoaudiologia / SP

26 respostas em “Fonoaudiologia

  1. Pingback: Fonoaudiologia | danyjoy's Blog

  2. Dr. Érica,
    Parabéns por este espaço educativo de suma importância!

    Sou regente de coral e me sentiria muito feliz em receber alguns exercício simples para voz.

    Mais uma vez, meus parabéns.

    Abraços,
    Jônatas Fernandes

    • Oi Jônata, obrigada por sua visita!
      Estamos finalizando sobre o assunto MOTRICIDADE OROFACIAL e o próximo será sobre VOZ…😉
      Logo mais estará online.
      Para nos acompanhar basta cadastrar seu e-mail na última linha abaixo.

      Tenha um bom dia,
      Abraços
      Erica Sitta

      • Rsrsr….!!!!

        Feito!

        Que maravilha, precisamos de mais profissionais como você que tornam a informação em conhecimento.

        Muito Obrigado…nos vemos.

        Jônatas Fernandes

  3. Oi Érica tenho um paciente que teve fissura labial, já conseguir instalar quase todos os fonemas, mas os fricativos principalmente o “s” não sai o som. Já tentei de várias forma. Com o som basal, a técnica de articulação. Dentre outros. Obrigada

  4. Oi Érica tudo bem?
    Tenho um paciente que faz trocas do /k/- /t/ e /g/ – /d/ na fala… Será que vc poderia me informar alguns exercícios, pois, ja tentei vários e não tive resultados satisfatórios….
    Obrigada!!!!

  5. Erica, sugiro que acrescente as outras especialidades da Fonoaudiologia para que seu blog fique completo. A saber: Fonoaudiologia Educacional, Disfagia, Fonoaudiologia do Trabalho, Neurofuncional, Neuropsicologia e Gerontologia. Parabéns!

  6. Olá Erica. Quero deixar registrado o quanto estou bem impressionada com você. Uma amiga me marcou em uma materia sua, no face, e desde então comecei a acompanhar algumas matérias. Mas sempre fico intrigada me perguntando: quem é essa que coloca com tanta simplicidade seu conhecimento, (diferente das profissionais que preferem gurdar para si e usar como ferramenta diferencial), partilhando cultura, sabedoria, vivência e nos tornando melhores profissionais? A curiosidade chegou a um ponto que não coube dentro de mim. Entrei no seu blog, assisti sua entrevista,li quase todos os artigos e fiquei muito mais bem impressionada. E entendi muita coisa. Seu modo de ver e viver o mundo, as pessoas, a natureza, justificam seu comportamento (ou vice versa). Você é singular e admirável. Você faz a diferença! Parabéns!

  7. Estou no primeiro semestre de fono e esse blog ta me ajudando muito ,parabėns Dra Erica Sitta ,excelente !!!!

    • Oi Lis. Obrigada por sua visita.
      Eu atendo Disfunções da ATM na cidade de Bauru, porém só faço atendimentos particulares.

      Você encontra meus contatos no ícone ERICA SITTA logo abaixo da foto de capa.

      Abraços
      Erica Sitta

  8. Olá Erika.

    Minha mãe fez a 8 dias uma cirurgia do neurinoma do acústico, onde a face e membros esquerdo ficaram parcialmente paralisados.
    Estou procurando um especialista da área para reabilitação específica.
    Você atende em São Paulo Capital?

  9. Eu aceitaria muito. Pois estou preferindo ter indicações. Agradeço muito seu carinho pelo simples retorno. Boa sorte e sucesso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s