Trabalho multidisciplinar sobre ronco e SAHOS

É sabido que dormir bem é relaxante e faz muito bem à saúde. Em contrapartida, noites mal dormidas podem afetar muito negativamente a vida das pessoas. Estudos sérios apontam que 30% da população brasileira apresenta algum distúrbio ligado ao sono. Uma noite mal dormida pode estar relacionada, além de fatores otorrinolaringológicos ou odontológicos, à alimentação inadequada, uso de drogas lícitas ou ilícitas, problemas de ordem psicossocial, doenças orgânicas, maus hábitos, falta de rotina, sobrecarga de funções, dentre outros.

dormir-mal

Diversos outros problemas podem também estar associados aos problemas do sono como o bruxismo, a apneia, o ronco e a insônia. A maioria das pessoas só se dá conta de que ronca quando alguém relata o incômodo. O ronco pode ser manifestação inicial de um problema mais grave como sobrecarga cardiopulmonar, doenças respiratórias, sonolência durante o dia, baixo rendimento intelectual e no trabalho, cansaço e irritabilidade persistentes, fadiga e grande dificuldade em adormecer. No caso das crianças que roncam, é possível perceber grande agitação no decorrer do dia e igual dificuldade em adormecer.

ronco

No caso da apneia (falta da entrada de ar quando dormindo por mais de 10 segundos), a síndrome está associada a uma sonolência excessiva diurna, fadiga, diminuição da memória e falta de concentração. O bruxismo (hábito de ranger ou apertar os dentes) pode ter como consequências, além do desgaste dental e comprometimento estético e funcional destes, dor de cabeça, desconforto e má qualidade do sono.

Um dos procedimentos para se diagnosticar os distúrbios do sono é a polissonografia, exame de monitoramento do sono do paciente, que objetiva investigar as causas e a gravidade das doenças.

polissonografia

Dentre as alternativas de tratamento, uma pode ser o uso do CPAP, uma máscara que injeta ar, melhorando o padrão respiratório do paciente, durante todo o tempo em que dorme.

cpap

Caso seja diagnosticado somente o ronco ou a apneia leve, o tratamento poderá ser realizado pelo cirurgião-dentista, através do uso de um aparelho intra-oral específico.

aparelho-intraoral para ronco

Como trata-se de uma abordagem interdisciplinar e clinicamente necessária, a intervenção do Fonoaudiólogo ou Fisioterapeuta  pode enriquecer o tratamento.

Veja algumas fotos do I Simpósio Multidisciplinar de ronco e Apneia Obstrutiva do Sono que aconteceu em Bauru essa semana. A palestrante Fga. Erica Sitta levou os conhecimentos de fonoaudiologia no auxílio aos tratamentos dos roncadores.

Fonoaudiologia e ronco

Fonoaudiologia e ronco

Fonoaudiologia e ronco

*************************************************************************************************

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página você encontrará sobre os mais diversos temas de Fonoaudiologia entre artigos, imagens e vídeos. Venha participar você também!

Curta Fonoaudiologia por Erica Sitta

Curta fonoonline

*************************************************************************************************

2 respostas em “Trabalho multidisciplinar sobre ronco e SAHOS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s