Por que ingerir gás hélio deixa a voz fina?

Encher balão com a boca

Para matar a charada é preciso recorrer a uma das mais importantes leis da física, aquela que diz que “quanto mais densa a molécula, menor sua velocidade”. O hélio, usado para encher balões, é sete vezes mais leve do que o ar que respiramos. Assim, quando ingerido, ele faz com que a velocidade com que a voz humana se propaga seja maior. Mas isso é apenas um pedaço da explicação.

Lembrando que: a voz humana é produzida na laringe, sendo resultado da passagem de ar que vem dos pulmões durante a expiração, provocando vibrações nas pregas vocais e gerando o som. Assim, nossas pregas vocais vibram formando ondas que precisam de um meio de propagação. Geralmente, esse meio é o próprio ar ao qual possui sua densidade.

A segunda parte da resposta está em outro ramo da física, a acústica. Quando aumentamos a velocidade do som, elevamos consequentemente a sua frequência (número de ondas sonoras formadas por segundo). “O raciocínio é simples. Imagine que, todos os dias, você caminhe em volta de um quarteirão por uma hora numa velocidade X. Se você dobrar a velocidade, e continuar dando voltas por uma hora, vai elevar o número (ou frequência) de voltas ao redor do quarteirão. A mesma regra vale para a velocidade e freqüência do som”, explica Luiz Nunes de Oliveira, professor do Instituto de Física de São Carlos (USP).

Aumentando a frequência, a voz tende a se tornar mais aguda e a soar bem estridente, como a voz do Pato Donald nos desenhos animados. “Do mesmo jeito, se um gás mais denso que o ar for ingerido, ele diminui a velocidade e a frequência do som, e a voz engrossa, ou seja, se torna mais grave”.

Encher balão com a boca

Mas é importante lembrar: não é recomendável realizar esse tipo de experiência, pois assim como o gás hélio, vários gases podem provocar sufocamento. Além disso, ao inalar o gás hélio, você corta o fluxo de oxigênio que vai para o cérebro, o que pode levar à algum tipo de lesão cerebral.

*************************************************************************************************

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página você encontrará sobre os mais diversos temas de Fonoaudiologia entre artigos, imagens e vídeos. Venha participar você também!

Curta Fonoaudiologia por Erica Sitta

*************************************************************************************************

Bibliografia

Revista Superinteressante

Esse post foi publicado em Curiosidades, Voz e marcado , , , por Erica Sitta. Guardar link permanente.

Sobre Erica Sitta

Sou Fonoaudióloga formada pelo Centro Universitário de Araraquara (UNIARA). Pós-graduada em Motricidade Orofacial; Atuação em Motricidade Orofacial em casos Odontológicos; Voz; Neurociência e processo de envelhecimento cerebral pela Universidade de São Paulo (FOB/USP). Formação em Thai Massagem, Massagem com pedras frias e quentes e também em Bambuterapia. Pós-graduada em Biopsicologia: Ciência do corpo e da mente pelo Instituto Visão Futuro. Mestre em Ciências (Atuação em Saúde Coletiva) pela Universidade de São Paulo (FOB/USP). Professora de Hatha e Tantra Yoga.

4 respostas em “Por que ingerir gás hélio deixa a voz fina?

  1. Obrigada Erica você super ajudou com esse esclarecimento. Muitas pessoas acham que acontece uma alteração nas pregas vocais. Ótimo saber disso.

  2. Artigo bem interessante, pertinente e alerta para aqueles que utilizam esse recurso como brincadeira.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s