O que é NEVRALGIA DO TRIGÊMEO?

A nevralgia (ou também conhecida por neuralgia) do trigêmeo é um distúrbio nervoso que provoca uma dor forte na região do rosto, por onde passa o nervo trigêmeo – responsável por carregar as mensagens resultantes das sensações do rosto para o cérebro. A dor sentida por esta condição é descrita como uma das piores dores que existem.

Nervo Trigêmeo

CAUSAS

Nervo Trigêmeo recebe esse nome porque tem três ramificações: ramo oftálmico, o ramo maxilar e o ramo mandibular.

  • ramo oftálmico (que acompanha os olhos) e ramo maxilar (que acompanha todo o maxilar superior)

Trigêmeo - Ramo Oftálmico

  •  ramo mandibular (que acompanha o maxilar inferior).

Trigêmeo - Ramo mandibular

Assim como vários outros nervos presentes no rosto, o nervo do trigêmeo é um nervo sensitivo que controla as sensações que se espalham pela face, enviando-as como mensagens ao cérebro.

A dor provocada pela neuralgia do trigêmeo se distribui de acordo com o ramo do nervo afetado. A neuralgia pode se distribuir em três grandes partes do rosto:

  • Região frontal, que toma a órbita ocular e parte do nariz
  • Região malar, que se estende até o nariz e parte do lábio superior
  • Região temporal que passa pelo lado do ouvido e acompanha o maxilar inferior.

Trigêmeo    Trigêmeo

Trigêmeo

Na nevralgia do trigêmeo, a função do nervo do trigêmeo é interrompida. Geralmente, o problema é causado pelo contato entre um vaso sanguíneo normal – neste caso, uma artéria ou de uma veia – e o nervo do trigêmeo. Esse contato coloca pressão sobre o nervo e faz com que ele não funcione corretamente e provoque a dor característica.

Uma série de gatilhos pode desencadear a dor da neuralgia do trigêmeo, incluindo:

  • Barbearse
  • Acariciar o próprio rosto
  • Alimentar-se
  • Beber
  • Escovar os dentes
  • Falar
  • Maquiar-se
  • Ser exposto à brisa e ao vento
  • Sorrir
  • Lavar o rosto

FATORES DE RISCO

A neuralgia do trigêmeo pode ser resultado do processo de envelhecimento (embora possa surgir em pessoas de todas as idades) ou pode, ainda, estar relacionada à esclerose múltipla ou a uma desordem semelhante que danifica a bainha de mielina. Menos comumente, a neuralgia do trigêmeo pode ser causada por um tumor que está comprimindo o nervo do trigêmeo. Além disso, algumas pessoas podem desenvolver essa condição devido a uma lesão cerebral ou a outras anormalidades. Pode acontecer, também, de a causa da neuralgia do trigêmeo não poder ser identificada.

SINTOMAS 
Os sintomas resultantes da neuralgia do trigêmeo podem incluir os seguintes:

  • Dor leve e ocasional, que vêm em pontadas
  • Dor lancinante, descrita como insuportável, que chega repentinamente e assemelha-se a um choque elétrico
  • Ataques espontâneos de dor ou ataques desencadeados por simples gatilhos, como falar, comer, beber ou escovar os dentes
  • Crises de dor com uma duração de alguns segundos
  • Episódios de vários ataques que duram dias, semanas, meses ou mais – algumas pessoas têm períodos em que eles não sentem dor
  • Dor nas áreas pelas quais passa o nervo trigêmeo, incluindo o rosto, mandíbula, dentes, gengivas, lábios ou, com menos frequência, os olhos e a testa
  • Dor que afeta somente um lado do rosto
  • Dor que permanece em um só local ou que irradia para outras partes do rosto aos poucos
  • Ataques de dor cada vez mais frequentes e intensos

DIAGNÓSTICO
Especialistas que podem diagnosticar neuralgia do trigêmeo são:

  • Neurologista
  • Oftalmologista
  • Reumatologista
  • Odontologista/dentista
  • Otorrinolaringologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quais são seus sintomas?
  • Qual a intensidade da dor que você sente? Como você poderia descrevê-la?
  • A dor vem acompanhada de outros sintomas? Quais?
  • Você tomou alguma medida para aliviar seus sintomas? Qual? E funcionou?
  • A dor que você sente é recorrente ou ocasional?
  • Você sente dor em apenas um ou em ambos os lados do rosto?
  • A dor que você sente está afetando sua qualidade de vida?
  • Você já foi diagnosticado com alguma outra condição no rosto? Qual? Está fazendo tratamento?
  • Você faz uso de algum tipo de medicamento? Qual? Em qual dosagem?

O médico poderá fazer o diagnóstico de neuralgia do trigêmeo baseando-se principalmente na descrição da dor feita pelo paciente. Para isso, ele segue três critérios principais:

  • Tipo: a dor relacionada à nevralgia do trigêmeo é súbita, breve e semelhante a um choque elétrico
  • Localização: o médico poderá comprovar se trata-se mesmo de um caso de neuralgia do trigêmeo a partir das partes do rosto que são afetadas pela dor
  • Gatilhos: a dor relacionada à neuralgia do trigêmeo geralmente é causada por estimulação externa ou por simples ações do dia a dia, como comer, falar ou expor-se à brisa e ao vento.

Pontos Gatilho  - Nervo Trigêmeo

Além disso, o especialista pode realizar muitos exames para diagnosticar a nevralgia do trigêmeo e determinar as causas subjacentes para esta condição, como:

  • Exame neurológico: ao examinar o rosto do paciente, o médico é capaz de determinar exatamente onde a dor está ocorrendo e, caso o diagnóstico por neuralgia do trigêmeo ser confirmado, quais ramos do nervo do trigêmeo foram afetados
  • Ressonância magnética: o médico pode pedir um exame de ressonância magnética da cabeça para determinar se a neuralgia do trigêmeo é causada por algum problema mais grave, como esclerose múltipla ou um tumor.

O diagnóstico preciso é essencial para nevralgia do trigêmeo, pois a dor facial pode ser causada por diversas condições. Caso seja necessário, o médico solicitará alguns exames complementares para descartar outras possíveis causas.

TRATAMENTO

O tratamento para nevralgia do trigêmeo geralmente começa com o uso de medicamentos anticonvulsivos e antiespasmódicos. Em muitos casos, não é necessário tratamento adicional.

No entanto, ao longo do tempo, algumas pessoas com essa condição podem parar de responder aos medicamentos ou, então, passam a ter efeitos colaterais desagradáveis. Para essas pessoas, injeções e cirurgia podem ser opções viáveis.

Agora, se a neuralgia do trigêmeo for causada por outro problema mais grave, o médico deverá tratar a doença subjacente específica.

PROGNÓSTICO

A dor causada pela nevralgia do trigêmeo pode ser desencadeada por simples ações do dia a dia. Muitas pessoas evitam até mesmo sair da cama para não correr o risco de a dor voltar. No entanto, isso prejudica muito a qualidade de vida do paciente, de modo que ele deve procurar ajuda médica para receber a melhor indicação possível.

É bom lembrar que é sempre recomendável que os pacientes sigam à risca todas as orientações médicas e obedeçam corretamente o tratamento.

EXPECTATIVAS

A dor causada pela nevralgia do trigêmeo é o principal problema, pois é descrita como insuportável e uma das mais fortes que existem. Algumas pessoas já pensaram até mesmo em cometer suicídio, de tão intensa que é a dor.

Caso a condição não seja causada por uma doença subjacente, o tratamento para neuralgia do trigêmeo costuma trazer alívio para os sintomas.

PREVENÇÃO

Não há formas conhecidas de se prevenir a nevralgia do trigêmeo.

Bibliografia

  • Ministério da Saúde
  • The Facial Pain Association
  • National Institute of Neurologial Disorders and Stroke
  • Sociedade Brasileira de Neurocirurgia
  • Academia Brasileira de Neurologia

*************************************************************************************************

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta

*************************************************************************************************

7 respostas em “O que é NEVRALGIA DO TRIGÊMEO?

    • Oi Miriam!
      Além de saber reconhecer e encaminhar para um profissional adequado… a fonoaudiologia poderá atuar na reabilitação da dor facial e qualquer outro comprometimento que apareça na região afetada em nível de mobilidade e função.
      Abraços
      Erica Sitta

    • Olá Matheus! Obrigada por sua visita!
      A bibliografia que eu consultei foi a que está na artigo mesmo. Não tenho nenhuma referência específica para te indicar. Talvez você possa encontrar alguma coisa legal no acervo de teses da plataforma da USP.

      Abraços
      Erica Sitta

  1. Minha mãe esta sendo dignoticada com Nevralgia de tregemeo, ela esta safrendo muito, me ajude quem puder.

    • Olá Cláudia! Procure um fonoaudiólogo para fazer uma avaliação na sua mãe das estruturas afetadas. Certamente ela encontrará maior alívio nesta situação.
      Abraços
      Erica Sitta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s