O QUE É DISARTRIA?

Disartria é definida como a dificuldade de utilizar os músculos da fala, ou então a fraqueza destes. Embora disartria pareça ser um problema de linguagem, é realmente um problema motor. Pode ser causada por danos no tronco cerebral ou às fibras nervosas que ligam a camada externa do cérebro (córtex cerebral) ao tronco cerebral.

Disartria

Pessoas que têm disartria produzem sons que se aproximam ao real som das palavras, e na ordem correta. A fala pode ser ofegante, irregular, imprecisa e com tons monótonos ou de vibração, dependendo do local em que ocorreu o dano cerebral. Pelo fato de a capacidade para compreender e usar a linguagem não ser afetada, a maioria das pessoas com disartria pode ler e escrever normalmente.

Entre as possíveis CAUSAS de disartria estão:

– AVC
– Cirurgia ou fraqueza da língua
– Distrofia muscular
– Doença de Huntington
– Doença de Lyme
– Doença de Parkinson
– Doença de Wilson
– Esclerose lateral amiotrófica
– Esclerose múltipla
– Infecções
– Medicamentos, tais como narcóticos ou tranquilizantes que afetam o sistema nervoso central
– Miastenia grave
– Paralisia cerebral
– Paralisia de Bell
– Síndrome de Guillain-Barré
– Traumatismo cranioencefálico
– Tumor cerebral

SINTOMAS DE DISARTRIA:
Os sintomas da disartria podem variar, a depender da causa subjacente e local afetado. Os sinais mais comuns são:
– Fala arrastada
– Ritmo lento de fala
– Incapacidade de falar mais alto do que um sussurro
– Discurso muito rápido e difícil de entender
– Voz rouca
– Voz anasalada
– Ritmo irregular ou anormal de fala
– Voz com volume irregular
– Fala monótona
– Dificuldade em mover a língua ou músculos faciais
– Babar

DIAGNÓSTICO
Especialistas que podem diagnosticar disartria são:
– Clínico geral
– Fonoaudiólogo
– Neurologista

PAPEL DO FONOAUDIÓLOGO NO DIAGNÓSTICO
Vários exames podem identificar e diagnosticar a causa da disartria. Um fonoaudiólogo irá avaliar a gravidade da doença, tais como pesquisar e analisar a fala do paciente, bem como as funções de mover lábios, língua e músculos faciais. Contudo, avaliará também aspectos de qualidade de voz e respiração.

Disartria

TRATAMENTO
O tratamento depende da causa, tipo e gravidade da disartria. Entre as opções de tratamento estão terapia para exercitar a linguagem, medicamentos para tratar condições que possam estar causando a disartria e cirurgia para retirada de um tumor ou correção de alguma alteração anatômica.

Os objetivos dos tratamentos incluem:
– Retardar ou acelerar a velocidade da fala
– Melhorar a respiração para que a pessoa possa falar mais alto
– Fortalecimento dos músculos
– Melhorar os movimentos da língua e dos lábios
– Melhorar a produção dos sons da fala, de modo que ela fique mais clara
– Ensinar cuidadores, familiares e professores estratégias para melhor se comunicar com o paciente
– Em casos graves, ensinar meios alternativos de comunicação (por exemplo gestos, placas com as letras do alfabeto ou equipamento eletrônico).

COMPLICAÇÕES POSSÍVEIS
Disartria pode causar algumas complicações, incluindo:
– Dificuldades na comunicação
– Problemas com interações sociais
– Depressão, devido a frustração causada pelos sintomas.

EXPECTATIVAS
Trabalhar com um profissional da fonoaudiologia pode ajudar a melhorar as habilidades na fala e entendimento por parte das outras pessoas. Segundo a Associação Americana de Fala, Linguagem e Audição, cerca de dois terços dos adultos com doença do sistema nervoso central aumentam suas habilidades de fala após a intervenção fonoaudiológica.

*************************************************************************************************

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta

*************************************************************************************************

8 respostas em “O QUE É DISARTRIA?

  1. Gostei muito dessa puplicação e agradeço a Fonoaudiológa Erica Sitta pela oportunidade abraço.Fica na Paz!

  2. OTIMO !!! AMEI SUAS PUBLICAÇÕES… ESTOU CURSANDO FONO E SUA PUBLICAÇÕES ACRESCENTAM MUITO CONHECIMENTO PRA MIM! OBRIGADA

    • Olá Sergio.
      Primeiro você precisa passar por uma avaliação fonoaudiológica para diagnosticar qual é a origem de sua alteração e qual é a gravidade. Após isso você será orientado à uma adequada reabilitação.

      Abraço
      Erica Sitta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s