Eletroestimulação para relaxamento Laríngeo

INTRODUÇÃO:

Eletroestimulação para relaxamento LaríngeoO relaxamento laríngeo é uma necessidade a ser trabalhada nos casos de disfonias hipercinéticas devido à tensão da musculatura extrínseca e intrínseca da laringe que compromete não só a qualidade vocal, como a excursão laríngea, podendo inclusive favorecer a hipertrofia dos ventrículos laríngeos, formação de fendas glóticas, assimetria entre aritenoides, alterar o modo e o ritmo respiratório, a ressonância e fala. A eletroestimulação nervosa transcutânea (TENS) analgésica de baixa frequência, no modo acupuntura, tem demonstrado ser uma forma bastante eficiente para a analgesia e para o relaxamento de estruturas com nível de dor e/ou tensão muscular crónicas, envolvendo todo o sistema que participa na produção da voz.

OBJETIVOS:

Este estudo teve como objetivo comparar a qualidade de relaxamento nos clientes no Brasil e em Portugal, após 4 sessões com a TENS acupuntura, assim como recolher o feedback relativo ao desconforto laríngeo e à tensão pré e pós sessão.

MÉTODOS:

Participaram 28 clientes, 2 homens e 26 mulheres. Estando representados no estudo, 14 clientes de cada país, com idades variando entre 25 e 69 anos.

Eletroestimulação para relaxamento Laríngeo

No Brasil foi utilizado o NEURODYN RUBY LINE, 4 canais e em Portugal o equipamento CEFAR REHAB 4 pro 4 canais. A frequência estabelecida em ambos foi de 10 Hz, com largura de pulso de 300 ms, e com intensidade variando de cliente para cliente, de acordo com o seu limiar de conforto, apresentando uma média de intensidade de 25 mA (não atingindo o limiar de estimulação dolorosa – 40 mA). Os elétrodos de 5×8 cm foram posicionados lateralmente à cartilagem tireóidea, no Brasil foram utilizados elétrodos de silicone untados com gel condutor, e em Portugal foram utilizados elétrodos autoadesivos. Em ambos os casos foram fixados com fita adesiva 3M. Cada sessão durou 30 minutos, 1 vez por semana, onde foram avaliadas as condições de dor e a tensão laríngea pré e pós terapia, sendo que antes da aplicação da TENS, 100% dos clientes, em ambos os países, referiram desconforto laríngeo, sensação de aperto, peso, ombros duros, pescoço dolorido e tenso. Durante as sessões nos dois países foram realizados exercícios respiratórios e vocais em associação à eletroestimulação.

ILUSTRAÇÕES:

No Brasil: NEURODYN RUBY LINE, 4 canais

NEURODYN RUBY LINE, 4 canais

Em Portugal: CEFAR REHAB 4 pro 4 canais

CEFAR REHAB 4 pro 4 canais

RESULTADOS:

No final de cada sessão todos os 28 pacientes descreveram: “garganta mais aberta”, voz mais limpa e mais clara e diminuição da sensação de tensão, assim como ausência de pontos dolorosos. Verificou-se ainda aumento dos tempos máximos de fonação, sugerindo uma dinâmica da fonação mais próxima da normalidade.

CONCLUSÃO:

Concluímos que o uso da TENS acupuntura, independentemente da marca do equipamento, e do tipo de elétrodos, proporciona um bom nível de relaxamento e conforto laríngeo, assim como diminuição dos pontos dolorosos.

Bibliografia

Trabalho apresentado no Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, 2013.

* Escrito por Bruno Guimarães (BR); João Batista (PT)

https://www.facebook.com/bruno.guimaraes.982?fref=ts

 

*************************************************************************************************

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta

*************************************************************************************************

2 respostas em “Eletroestimulação para relaxamento Laríngeo

  1. Olá! Ótima matéria, gostei! Gostaria de saber porque escolheu TENS acupuntura.Vi outros estudos sempre com 80 Hz.

    • Olá Ivana, obrigada por sua visita!
      A pessoa mais indicada para te responder é o Bruno Guimarães. Ele é professor de TENS e autor do texto. Logo abaixo do texto tem o contato dele.

      Abraços
      Erica Sitta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s