Fixação do fonema adquirido

Como vimos anteriormente que a aquisição de um novo fonema é sempre uma experiência complicada que exige paciência, treino e vontade do paciente; bem como muita criatividade do terapeuta para novas abordagens. Além disso, o som pode ser facilmente perdido ou confundido. Portanto, após se ter feito o treino da percepção auditiva e colocação do fonema há necessidade de trabalhar a fixação deste para alcançar sucesso na terapia. O domínio do fonema adquirido deve ser conseguido em alguns níveis, onde o paciente passa por etapas até ter o completo domínio sobre ele. Vejamos as etapas:

1.) Fixação ao nível do som isolado

  • Após o paciente ser capaz de emitir o som corretamente, fazê-lo repetir várias vezes.
  • Se o som for contínuo, trabalhar o seu prolongamento, aumentando sua intensidade.
  • Conscientizar o paciente das sensações táteis e cinestésicas enquanto produz.
  • Assim que a produção estiver adequada deve-se trabalhar com o tempo de produção para que o paciente produza o fonema rapidamente para este se tornar habitual.

2.) Fixação ao nível da sílaba

  • Treina-se o fonema acompanhado de todas as vogais. Começando por aquelas que o paciente sente menos dificuldades.
  • Deve fazer com que o paciente consiga emitir a sílaba do modo mais rápido possível, com o controle articulatório correto.
  • Brincar com jogos utilizando a sílaba trabalhada.

3.) Fixação ao nível da palavra

  • Treina-se o fonema em vocábulos isolados. Lembrando de utilizar apenas palavras as quais não existam outros fonemas com alguma alteração articulatória.
  • Os vocábulos deverão inicialmente serem curtos e simples. E o paciente se beneficia mais se eles tiverem relação entre si, um tema.
  • Pode-se montar um caderno de figuras recortadas que contenham o fonema treinado, jogos e/ou atividades motivadoras. O importante é o paciente ouvir sempre a emissão correta do som trabalhado.

4.) Fixação ao nível da sentença

  • Quando o paciente estiver emitindo determinado número de palavras corretamente com o fonema treinado dentro das 3 etapas anteriores, ele estará pronto para utilizar dentro de unidades maiores como as frases.
  • Inicia-se a emissão com grande incidência de palavras com o fonema dentro da sentença.
  • Treinar até completa automatização.

É valiosa a utilização de gravação para o feedback auditivo do paciente. Porém, deve-se ser utilizada cautelosamente já que o paciente poderá tomar uma dimensão diferenciada de seu problema, que antes não era percebida.

fono

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta .

Bibliografia

Spinelli VP, Massari IC, Trenche MCB. Temas em Fonoaudiologia. 9ª ed.
São Paulo: Loyola; 1989. Cap. Distúrbios Articulatórios.

Uma resposta em “Fixação do fonema adquirido

  1. OLA ERICA DESEJO A VOÇÊ UM FELIZ 2014,MUITA SAÚDE. PARA TODOS DA FAMILIA,.
    CADA VEZ MAIS ESTUDO SEUS ARTIGOS ESTOU ADORANDO ,TENHO APLICADO NOS MEUS PACIENTES MUITO OBRIGADO. UM ABRAÇO .MARLENE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s