Terapia: Estimulação do Arquifonema /r/

Informações sensoriais

Arquifonema r

Tátil – Contato sutil da ponta da língua com a protuberância alveolar; bordas em contato com as paredes internas dos molares.

Visual –  Movimento de vibração da ponta de língua.

Cinestésica – Movimentos sucessivos da ponta da língua que se afasta e retorna ao ponto de articulação.

*************************************************************************************************

Algumas sugestões para o desenvolvimento

– Propiciar o reconhecimento da sensação tátil de vibração. De preferência, utilizar produções da própria criança, tais como a vibração velar ou de lábios.

– Treinar a propriocepção da ponta da língua.

– Desenvolver a sensação de pressão e descontração da musculatura da língua. Para esta produção não pode haver diminuição de tônus.

– Desenvolver a sensação de pressão da língua no ponto de articulação. Cuidar para que ela seja leve.

– Mantendo a posição articulatória adequada, iniciar a expiração com a produção do fonema /t/.

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta .

Bibliografia

Spinelli VP, Massari IC, Trenche MCB. Temas em Fonoaudiologia. 9ª ed.
São Paulo: Loyola; 1989. Cap. Distúrbios Articulatórios.

2 respostas em “Terapia: Estimulação do Arquifonema /r/

  1. Olá Erica, gosto muito dos seus textos.Venho acompanhando seu lindo trabalho de divulgação da fonoaudiologia com muita generosidade. Parabéns!
    Em relação ao som do arquifonema, vejo a dificuldade estabelecida também pela variação do posicionamento diante do regionalismo, que sofre uma mudança. Essas suas dicas seriam mais para o uso no regionalismo de São Paulo (capital) ? É isso? Obrigada.

    • Oi Lucia, obrigada pelo seu comentário. Realmente essa é uma dúvida comum, ainda mais pelo arquifonema /r/ ser tão diferente em variadas regiões do Brasil.
      Esta maneira específica de estimulação é o modelo considerado sem sotaque. Pode-se dizer que o mesmo de telejornais de SP capital.

      Abraços
      Erica Sitta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s