Terapia: Estimulação do fonema /f/

Informações sensoriais

letra FTátil – Lábio inferior toca levemente os dentes superiores frontais; sente-se a fricção contínua da corrente de ar restrita através do lábio inferior.

Visual –  A aproximação do lábio inferior e dentes frontais superiores pode ser vista facilmente.

Audição – Fricção audível.

Cinestésica – Lábio inferior move-se para cima aproximando-se dos dentes superiores.

*************************************************************************************************

Algumas sugestões para o desenvolvimento

– Imitar o modelo do terapeuta, evitando pressão excessiva do ar na produção. Usar espelho, se necessário.

– Treino preparatório de inspiração nasal e expiração bucal, aumentando gradualmente o tempo de expiração.

– Treino preparatório de sopro contínuo, trabalhando-se gradualmente com o fechamento parcial dos lábios.

– Desenvolver treino de propriocepção e tonicidade dos lábios para que estes permaneçam relaxados durante a produção do /f/.

– Desenvolver propriocepção do ponto de contato do lábio inferior a ser tocado pelos dentes superiores, passando-se a espátula, ou creme de chocolate, ou ou pó de gelatina etc., para que o paciente toque com seus dentes o local estimulado.

– Demonstrar a emissão do sopro contínuo na superfície da mão do paciente ou pelo movimento de peninhas, tiras de papel, etc.. Evitar excessiva pressão do sopro ou sua emissão repentina.

– Pode-se, inicialmente, treinar o /f/, fazendo o paciente morder o lábio inferior enquanto emite sopro contínuo. Gradualmente, ir retirando os dentes superiores para trás do lábio inferior.

– Fazer o paciente assoprar continuamente, enquanto o terapeuta pressiona o lábio inferior suavemente para cima, aproximando-se dos dentes frontais superiores.

– Se o paciente forçar excessiva ao soprar, demonstre que as bochechas não inflam na produção do /f/. Fazê-lo produzir e estender o /f/ num simples sopro, mas não o deixar fazer uma respiração profunda. Praticar o aumento da duração até a força do sopro seja reduzida. Então, treinar uma duração curta, isolada e em sílabas (fa fo fe fu fi).

– Se houver pressão excessiva no contato do lábio inferior com os dentes superiores, fazer o paciente produzir uma série rápida de sílabas (fafafafafa) num simples sopro. Demonstrar graus variados de pressão, aproximando a ponta do dedo indicador do terapeuta contra a ponta do dedo indicador do paciente e ressaltar as pressões indesejadas e satisfatória.

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta .

Bibliografia

Spinelli VP, Massari IC, Trenche MCB. Temas em Fonoaudiologia. 9ª ed.
São Paulo: Loyola; 1989. Cap. Distúrbios Articulatórios.

Esse post foi publicado em Fala e marcado , , , , , , , , , por Erica Sitta. Guardar link permanente.

Sobre Erica Sitta

Sou Fonoaudióloga formada pelo Centro Universitário de Araraquara (UNIARA). Pós-graduada em Motricidade Orofacial; Atuação em Motricidade Orofacial em casos Odontológicos; Voz; Neurociência e processo de envelhecimento cerebral pela Universidade de São Paulo (FOB/USP). Formação em Thai Massagem, Massagem com pedras frias e quentes e também em Bambuterapia. Pós-graduada em Biopsicologia: Ciência do corpo e da mente pelo Instituto Visão Futuro. Mestre em Ciências (Atuação em Saúde Coletiva) pela Universidade de São Paulo (FOB/USP). Professora de Hatha e Tantra Yoga.

6 respostas em “Terapia: Estimulação do fonema /f/

  1. Ol, Gostaria de dizer que eu adoro seus posts, me ajudam muito em minhas terapias, gostaria tambm de pedir que se possivel , vc postasse exerccios para instalar o fonema /r/ vibrante.

    Grata,

    Luiza Helena Fonoaudiloga

    Date: Sat, 18 May 2013 23:26:42 +0000 To: luizahelen@hotmail.com

  2. Pingback: Como diferenciar Desvio Fonológico de Desvio Fonético? | Fonoaudiologia por Erica Sitta

  3. Boa Tarde, Erica!
    Gostaria da sua ajuda. Tenho um paciente que troca toas as fricativas pelo /k/. Quais exercícios vc indicaria para trabalhar a parte medial da língua, já que ele faz muito o uso do dorso. Obrigada. Aloma

    • Olá Aloma,
      É difícil de dizer. Você já avaliou todas as possíveis movimentações que a língua faz? Ele não tem esse movimento ou ele não usa? Possivelmente a deglutição também deve estar alterada. Como é a arcada dentária?

      São muitas possíveis causas. Cada uma eu pensaria em uma proposta diferente de reabilitação.

      Abraços
      Erica Sitta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s