Terapia: Estimulação do fonema /b/

Informações sensoriais

Tátil – Lábios se tocando com o fechamento; sonorização pode ser sentida antes da explosão do ar

Visual – Lábios fechando e abrindo podem ser vistos facilmente

Cinestésica – Lábios fechados ligeiramente com menor força do que na emissão /p/.

Auditiva – numa sílaba pode ser ouvido, mas a duração é muito breve.

*************************************************************************************************

Algumas sugestões para o desenvolvimento

– Imitar o modelo do terapeuta, evitando abertura demasiada da boca e pressão excessiva dos lábios. Produzir uma série de fechamento e abertura dos lábios com voz contínua (ububububububububub). Usar espelho para que ele monitore sua produção (comparando com a produção do terapeuta).

– Conscientização do trabalho da laringe, fazendo vibração contínua das cordas vocais para que o paciente a perceba através de sua mão no pescoço do terapeuta e tente imitar. Após conseguir a vibração das cordas vocais, mantê-la contínua enquanto abre e fecha os lábios.

– Treino com a propriocepção e tônus dos lábios, semelhante ao /p/, porém exigindo menor pressão e tempo de contato.

– Desenvolver o /b/ por analogia com o /p/ (https://ericasitta.wordpress.com/2012/10/21/estimulacao-do-fonema-p/), demonstrando a ausênsia de explosão forte no /b/ e a presença de sonorização. Evitar a produção de ambos sons com força igual. Esta diferenciação é importante quando o paciente substitui o fonema /b/ por /p/.

– Demonstrar, com objetos leves como: pedacinhos de papel, pó, pó de giz, penas, etc., o deslocamento destes na produção do /b/ numa série de sílabas, interrompendo-se apenas para a inspiração nasal. Se o paciente substitui o /b/ pela nasal /m/, aperte suavemente suas narinas, enquanto ele produz a série. Evitar pressão excessiva dos lábios requerida para a produção do /p/.

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta .

Bibliografia

Spinelli VP, Massari IC, Trenche MCB. Temas em Fonoaudiologia. 9ª ed.
São Paulo: Loyola; 1989. Cap. Distúrbios Articulatórios.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s