Descubra o que é traço de sonoridade!

A característica de sonoridade é dada pela ocorrência de um som laríngeo concomitante à produção articulatória. Diz-se que uma consoante é surda quando não ocorre a presença do som laríngeo. Ou seja, alguns pares de fonemas apresentam como característica o fato de se diferenciarem pelo traço de sonoridade, isto é, alguns deles são surdos e outros são sonoros.

Os fonemas /p/, /t/, /k/, /f/, /s/ e /ʃ/, são considerados surdos uma vez que não apresentam vibração das pregas vocais quando produzidos. Por sua vez, os fonemas /b/, /d/, /g/, /v/, /z/ e /Ʒ/ são realizados com vibração das pregas vocais, sendo considerados, portanto, como fonemas sonoros. O traço de sonoridade corresponde a uma distinção importante entre os pares destes conjuntos de fonemas: /p/ x /b/; /t/ x /d/; /k/ x /g/; /f/ x /v/; /s/ x /z/ e /ʃ/ x /Ʒ/.

Vejamos uma troca no traço de sonoridade entre os pares /f/ e /v/:

FRASE: Eu vou na casa da vovó.

O quadro abaixo apresenta as consoantes do Português classificadas de acordo com o ponto e modo de articulação, vibração das pregas vocais e altura do véu palatino.

Evidentemente, a descrição feita no quadro é didática e correspondente a uma norma que geralmente é utilizada. Muitas vezes, estes pontos apresentam-se modificados por variações individuais sem que a resultante possa ser diferenciada auditivamente.

Além destas, outras modificações podem ocorrer como as determinadas pelo contexto articulatório no qual um fonema está ocorrendo sobretudo em decorrência do elemento que o segue. Este aspecto é muito importante e deve ser levado em consideração durante a reabilitação articulatória, pois a vogal que segue ou precede uma consoante poderá facilitar ou dificultar sua produção.

Fan Page no Facebook

Para ajudar em sua pesquisa e consulta em Fonoaudiologia criamos uma Fan Page no Facebook. Nesta página, publicações serão expostas e comentadas em Educação Continuada, podendo estreitar perguntas e respostas e ainda tirar as muitas dúvidas de sua terapia fonoaudiológica. Venha participar você também!

Curta: https://www.facebook.com/fonoaudiologiaericasitta .

Bibliografia

Spinelli VP, Massari IC, Trenche MCB. Temas em Fonoaudiologia. 9ª ed.
São Paulo: Loyola; 1989. Cap. Distúrbios Articulatórios.

http://www.filologia.org.br/soletras/15sup/As%20trocas%20surdas%20sonoras%20no%20contexto%20das%20altera%C3%A7%C3%B5es%20ortogr%C3%A1ficas.pdf

4 respostas em “Descubra o que é traço de sonoridade!

  1. Érica, gostaria de saber se você já encontrou em algum artigo ou atendeu algum caso sobre a dificuldade de produção de fonemas sonoros nos pacientes com IVF ou fissura.

    • Oi Ligia! Obrigada por sua visita!
      Eu não tenho muita experiência em paciente fissurado. Mas certamente deve existir literatura falando sobre isso!!!
      Abraços
      Erica Sitta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s