Sistema Respiratório e seu Funcionamento

O sistema respiratório é um conjunto de órgãos tubulares e alveolares situado na
cabeça, pescoço e cavidade torácica, responsável pela respiração que são as trocas gasosas efetuadas entre o organismo e o meio ambiente.

O trajeto do ar inicia pelas narinas por sucção e circula pela cavidade nasal, faringe, laringe, onde é aquecido, filtrado e umedecido, passa pela traquéia, finda nos pulmões.

Considerações anatômicas

As fossas nasais (estruturas do nariz) são cobertas por uma mucosa espessa e altamente vascularizada. Esta mucosa é revestida por uma camada ciliada vibrátil a qual sofre modificações devido infecções, idade e alergia. Outra camada mais interna tem células q produzem muco para a lubrificação das fossas (ação bactericida).

O meato é o espaço entre os cornetos (conchas nasais) por onde ocorre a passagem de ar. As vezes existem 4 cornetos além do inferior , médio e superior – o supremo. Suas características são:

  • Meato superior – faz comunicação com os seios posteriores, etmóide superior e esfenóide;
  • Meato médio – se comunica com seios paranasais anteriores, frontal, maxilar e etmóide anterior;
  • Meato inferior – desemboca o canal lacrimal.

O ar inspirado possui uma corrente principal q passa pela concha média (em sua maior parte). Entretanto, o ar expirado passa pelo meato inferior.

Parte deste ar inalado, ao chegar na válvula nasal, retorna para o interior da fossa nasal formando um redemoinho. Esta resistência à passagem do ar é condicionada pelo entumecimento da mucosa refletindo alternância, ou seja, ora uma narina ora outra está mais livre de tempos em tempos.

Funcionamento respiratório

A dimensão dos pulmões acarreta uma ligeira diminuição na pressão dentro dos alvéolos em relação à pressão atmosférica, favorecendo a entrada do ar nos pulmões, cujo contato com a região alveolar favorecerá o aporte de oxigênio ao sangue, que será conduzido via circulação pulmonar ao coração, e bombeando ao corpo, permitindo as trocas gasosas. Contudo, na expiração há atividade dos músculos reto abdominais, triangular do esterno e intercostais internos, elevando a pressão intra-alveolar, fazendo com que o ar seja conduzido pelas vias respiratórias ao meio externo  (Berretin-Felix, Trindade Jr, Alves, 2011).

              

A integridade destas estruturas é fundamental para permitir uma respiração eficiente. Um adulto inspira em média 7 litros de ar por minuto e quando em exercícios físicos pode respirar até 100 litros por minuto. O recém nascido faz 40 inspirações por minuto, a criança de um ano 24 inspirações por minuto e o adulto apenas 14 inspirações/minuto (MARCHESAN, 1998).

A respiração é constituída das fases de inspiração e de expiração. Para a entrada do ar há necessidade de contração simultânea dos músculos intercostais e do diafragma proporcionando aumento no volume torácico e dando início à outra fase de exalação.  O diafragma se contrai e desce, abrindo espaço para o tórax se expandir e o ar entrar nos pulmões (MARCHESAN, 1998). Graças a elasticidade dos pulmões e das paredes do ventre há o recuo das costelas e do diafragma à posição normal para a expulsão do ar dos pulmões (TASCA, 2002).

Inspiração                                                     Expiração

              

Vários fatores modificam os volumes e capacidades pulmonares, dentre eles o sexo (20 a 25% menor nas mulheres), a idade, a atividade física e o treino respiratório, bem como distúrbios relacionados a esse sistema   (Berretin-Felix, Trindade Jr, Alves, 2011).

Bibliografia

Marchesan IM. Avaliação e terapia dos problemas da respiração.Em Marchesan IM. Fundamentosem Fonoaudiologia. Riode Janeiro: Guanabara; 1998. p. 23-36.

Berretin-Felix G, Trindade Jr AS, Alves TCNV. Anatomofisiologia do sistema estomatognático e suas aplicações clínicas. In: Silva ACPSC, Santos-Coluchi GG, Souza LBR, organizadores. Ortodontia e fonoaudiologia na prática clínica. 1 ed. Rio de Janeiro: Revinter; 2011. p. 191-216.

Tasca EMT. Programa de aprimoramento muscular em fonoaudiologia estética facial (PAMFEF). Barueri: Pró-Fono; 2002.

Uma resposta em “Sistema Respiratório e seu Funcionamento

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s